AMA, MAS PARECE QUE NÃO.

Se amo a minha esposa, por que acho tão fácil tratá-la como se não a amasse?

Dave Harvey, em: Quando Pecadores dizem “Sim”

Dave H., analisa no capítulo “Acordando com o Pior dos Pecadores”, o fato que ele mesmo(e todos nós também), falamos e agimos como se não amassemos aqueles que mais amamos.

Falta de paciência e tolerância, cargas emocionas e falta de perdão…

Egocentrismo, sarcasmo, crueldade…

Tudo isso sem perceber e escapa uma frase demolidora:
Mas eu te avisei, né?
Quando que vai aprender?
Você nunca faz nada direito!

Dave H. se pergunta: por que não sou mais amável?”

É um desafio! A vida é!
Eu estou me desafiando a ser mais amável com minha esposa, buscando entender nos ensinamentos bíblicos a forma correta de tratá-la.

Paulo fala pra igreja, a minha sugestão e de que treinemos em casa:

Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade.  Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo. Efésios 4:31,32

No site da EDITORA FIEL podes ouvir o livro, baixar em mp3, baixar em PDF tudo isso grátis(RECOMENDO).
Ou ainda, se quiser o livro físico, pode comprar.

Oração: Senhor Deus, recebemos de ti tanto amor graça e misericórdia.
Quero me esvaziar destas coisas más, me encher mais de ti, porque assim terei palavras cheias de graça para distribuir, no meu lar,
na igreja, no trabalho, no trânsito…
Quero transbordar de Ti.
É por Jesus(que entregou-se plenamente) que peço.

Davi Kindlein Romio